Intendência do Exército Brasileiro


Sobre

O Exército Brasileiro homenageia, a 12 de abril, o Marechal Carlos Machado Bittencourt. Sagaz combatente, um valoroso exemplo de Soldado – grande na vida e na morte – Bittencourt foi um exemplo ímpar das virtudes que dignificam a profissão militar. Fiel ao cumprimento do dever cívico, Bittencourt lutou pela ordem e pelo poder legal na Campanha de Canudos. Carlos Machado Bittencourt nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 12 de abril de 1840, e ingressou voluntariamente nas fileiras do Exército Brasileiro aos 17 anos. Logo se matriculou na Escola Militar de sua cidade natal, onde concluiu os cursos de Infantaria e Cavalaria, escolhendo esta última para seguir carreira. Galgou o posto de 2º Tenente em 1860, antes mesmo de concluir os estudos da Escola Militar. Participou das principais batalhas da Guerra da Tríplice Aliança, com atuação destacada em Tuiuti, ocasião em que foi ferido. Ascendeu, nesse período de lutas, aos postos de 1º Tenente e capitão por atos de bravura.Por seus relevantes serviços prestados durante a Campanha da Tríplice Aliança, foi agraciado com a Medalha do Cruzeiro, Medalha do Mérito Militar e com a Medalha de São Bento de Aviz. Foi nomeado Comandante do 6º Distrito Militar, após ser promovido ao posto de Brigadeiro, em 30 de janeiro de 1890. Já como Marechal, Bittencourt chegou a Ministro da Guerra, no Governo de Prudente de Morais. Nessa época, Antonio Conselheiro e seus seguidores de Canudos desafiavam o governo estadual e federal. A Quarta Expedição contra esse reduto, constituída de mais de trinta unidades militares vindas dos mais longínquos rincões da Pátria, enfrentava sérias dificuldades. A intranqüilidade reinava em todo o Brasil, fruto do trabalho insidioso de políticos interessados na desagregação do regime. Diante dessa situação, o Presidente da República delegou, ao seu Ministro da Guerra, plenos poderes para dar desfecho ao conflito. Em conseqüência, o Marechal Carlos Machado Bittencourt embarcou para a Bahia em agosto de 1897 e, lá chegando, logo percebeu a vulnerabilidade da expedição em andamento: uma estrutura de apoio logístico inadequada. Diante dessa situação, o Ministro iniciou seu trabalho imediatamente, superando todas as atividades que se contrapunham ao seu plano. Destituiu fornecedores, adquiriu diretamente os produtos de que necessitava, organizou comboios, negociou preços, estabeleceu postos de suprimento e, não poucas vezes, foi visto fiscalizando, pessoalmente, os comboios que partiam para a área conflagrada. Assim, menos de dois meses depois de sua chegada ao território baiano, a luta chegou a seu desfecho com vitória total para as Forças Federais. Mas uma tragédia se avizinhava e, no dia 5 de novembro de 1897, Prudente de Morais, ao participar de uma cerimônia no Arsenal de Guerra do Rio de Janeiro, foi interceptado por um extremista que lhe apontou uma garrucha ao peito. Por felicidade, a arma não disparou. O Marechal ittencourt interveio, segurou o assassino retirando-lhe a arma, mas, por obra do destino, foi golpeado, com um punhal, diversas vezes no peito. Mortalmente ferido, o Ministro faleceu logo depois. Sua morte consternou o País, mas sua vida havia legado a todos os brasileiros exemplos de devotamento à carreira e à Pátria, fazendo-o merecedor da homenagem póstuma de ser consagrado “Patrono do Serviço de Intendência”. EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA INTENDÊNCIA A História da Intendência Brasileira remonta ao início da colonização do território nacional. Em 1549, o primeiro Governador-Geral da Colônia, Tomé de Souza, trouxe seiscentos homens em armas, grande quantidade de material bélico e a primeira lei orgânica da Força Armada no Brasil, niciando aí a história da administração do Exército. Somente com a vinda da Família Real Portuguesa, em 1808, a administração militar teve novo impulso. O Comando do Exército foi unificado, e criaram-se várias organizações militares, entre elas o Arsenal Real do Exército e o Comissariado Militar do Brasil (órgão provedor de gêneros alimentícios)

Quando

Todo ano no 12º dia de Abril
Adicionar aos favoritos
Onde


Brasil

Anuncie