Dia de São Turíbio de Mogrovejo

23 de março, 2021
Todo ano no 23º dia de Março
Dia de São Turíbio de Mogrovejo
23 de março, 2016
Todo ano no 23º dia de Março

Dia de São Turíbio de Mogrovejo

Sobre


Enquanto São Turíbio agonizava, numa capelinha indígena numa aldeia do Peru, a seu pedido eram tocados ao som de uma harpa os salmos 116 e 31. Alguns minutos antes, tinha se desfeito das roupas que usava para dá-las aos índios paupérrimos que o acompanhavam na hora da morte.

Um gesto que mostra bem como foi a vida deste arcebispo de Lima, que durante os vinte e cinco anos que passou naquele país, protegeu os índios e os pobres diante da violenta dominação dos conquistadores espanhóis.

Turíbio nasceu em 1538, em León, Espanha, no seio de uma família nobre e rica. Estudou em Valadolid, Salamanca e Santiago de Compostela. Era licenciado em direito e foi membro da Inquisição, até ser nomeado Arcebispo de Lima. O mais pitoresco é que só se tornou padre um ano depois.

Chegando à América Latina em 1581, ficou espantado com a miséria espiritual e material em que viviam os índios. Aprendeu sua língua e passou a defendê-los contra os colonizadores, que os exploravam e maltratavam. Era venerado pelos fiéis e considerado um defensor enérgico da justiça, diante dos opressores.

Apoiado pela população, organizou as comunidades de sua diocese e depois reuniu assembléias e sínodos, convocando todos os habitantes para a evangelização. Sob sua direção, o Sínodo Provincial de Lima, em 1582, foi comparado ao célebre Concílio de Trento.

Conta-se que neste sínodo, irônico, Turíbio desafiava os espanhóis, que se consideravam tão inteligentes, a aprenderem uma nova língua, a dos índios.

Quando enviou um relatório a Felipe II, rei da Espanha, em 1594, dava conta de que havia percorrido 15 mil quilômetros e administrado a crisma a sessenta mil fiéis. Aliás, tendo três santos entre os crismados: Rosa de Lima, Francisco Solano e Martinho de Porres.

São Turíbio de Mogrovejo foi canonizado em 1726.